top of page
Streetwear Fashion Promotion Social Media Template.png

03 a 31 de outubro de 2023

Crato, Juazeiro do Norte, Santana do Cariri

Artistas: 

Núcleo Contemporâneo: CCBNB - Cariri. Juazeiro do Norte.

Anna Menezes

Anna Moraes

Ateliê Vivo

Diego Dionísio

Felipe Ferreira

Guilherme Borsatto

Helô Bahia

Igor Oliveira

Jane Batista

JeisiEkê de Lundu

KAÔ

Larissa Rachel Gomes Silva

Larissa Batalha

Leandro Nerefuh

Lucas Alves

Marcenaria Olinda

Marcos Martins

Sérgio Adriano

Messias Souza

Milena Ferreira

Nen Cardin

Nita Monteiro

Rafael Amorim

Rafael de Almeida

Rafael Vilarouca

Rao Godinho

Robson Xavier

Thiago Modesto

Vika Teixeira

Yasmin Formiga

Representaçoes internacionais:

Alemanha: Christine Schon

Argentina: Ana Rey

Rússia: Oksana Rudko

Holanda: Neyde Lantyer

Itália: Benna Gaean Maris

Japão: Tetsuya Maruyama

México: Biophillick

Paraguai: Lilian Camelli

Núcleo histórico: Museu de Paleontologia da URCA, Santana do Cariri.

Micro Residência Artística: Intervalo-fórum de arte /

Inês Linke, Laura Benevides e Lia Krucken.

 

 

       

 

             Projeto inovador das artes visuais no pais, a Bienal do Sertão de Artes Visuais chega a sua sexta edição na região do Cariri cearense. Evento de cunho cultural e educativo reafirma-se em sua noção de brasilidade e propõe dentro das discussões estéticas um panorama atual e mescla da produção recente de todas as partes do mundo, com obras de artistas e curadores convidados, permitindo-se desta forma se estabelecer como polo aglutinador da pesquisa, produção e visibilidade, seja pelo encantamento e valorização das artes, ou pela sua importância de intercâmbios, parcerias e unidade patrimonial dentro da história da arte.

            Com elementos da tradição e da contemporaneidade, a bienal fortalece os laços de convivência e civilidade em sua vasta área de abrangência, que nasce a partir de sua planta geográfica e se ramifica por outros territórios do conhecimento e dos continentes, abrindo desta maneira um clarão no centro nordeste do Brasil, onde se baseia seu crivo central e além itinerâncias em sua tática de solo estratégico, que une as diversas formas de poéticas, modalidades e técnicas, demonstrando assim sua interação com a criatividade, o saber e o desenvolvimento.

         Assim, mantém desde sua fundação em 2012, dois núcleos de pesquisa, sendo um histórico e outro contemporâneo. Promove exposições de arte, intercâmbios, residências, aquisições e doação de obras a acervos, monitorias especializadas, oficinas de arte e pesquisa, seminários, conversas entre artistas, projetos paralelos e outras atividades, com parcerias entre museus, universidades, casas de cultura, ateliers, coletivos, e artistas de todo o mundo junto às governanças locais.

            ''Educar a paisagem'' é o tema proposto nesta edição, concretizando a Bienal do Sertão de Artes Visuais como um evento central no calendário das artes no país, onde atualiza o momento histórico e nos convoca e identifica para pensarmos juntos as reavaliações no planeta, seja no campo educativo, histórico/ancestral e ou colaborativo com re-adequamentos e memorabília contemporânea dos principais artistas visuais, curadores e pesquisadores de todas as nações, sendo a arte o veículo nato das interlocuções e intercâmbios providos desta. 

________________________________________

           An innovative visual arts project in the country, the Bienal do Sertão de Artes Visuais reaches its sixth edition in the Cariri region of Ceará. Cultural and educational event reaffirms itself in its notion of Brazilianness and proposes, within the aesthetic discussions, a current panorama and mix of recent production from all parts of the world, with works by artists and guest curators, allowing itself to establish itself in this way. as a unifying center for research, production and visibility, whether for the enchantment and appreciation of the arts, or for its importance in exchanges, partnerships and patrimonial unity within the history of art.

           With elements of tradition and contemporaneity, the biennial strengthens the ties of coexistence and civility in its vast area of coverage, which is born from its geographical plan and branches out into other territories of knowledge and continents, thus opening a light on the northeastern center of Brazil, where its central sieve is based and beyond itinerances in its strategic ground tactic, which unites the various forms of poetics, modalities and techniques, thus demonstrating its interaction with creativity, knowledge and development.

        Thus, since its founding in 2012, it has maintained two research centers, one historical and the other contemporary. Promotes art exhibitions, exchanges, residencies, acquisitions and donation of works to collections, specialized monitoring, art and research workshops, seminars, conversations between artists, parallel projects and other activities, with partnerships between museums, universities, houses of culture, ateliers , collectives, and artists from around the world together with local governments.

          ''Educating the landscape'' is the theme proposed in this edition, making the Sertão Visual Arts Biennial a central event in the country's arts calendar, where it updates the historical moment and calls and identifies us to think together about reassessments on the planet , whether in the educational, historical/ancestral and/or collaborative field with readjustments and contemporary memorabilia by the main visual artists, curators and researchers from all nations, art being the natural vehicle of the interlocutions and exchanges provided by this.

​​

  ​

We exist collaboratively:

Spread, share and participate.

cartazz.png

Equipe Bienal 6

APOIOS: 
 

70334a_92bb1e6517e347b6866a68d73e0d287f.png
images.png
download.png
9qLT8eOK_400x400.jpg

Seminários Formativos:

Participe dos seminários formativos da Bienal, eventos híbridos, livre, gratuito e de cunho artístico pedagógico: 

https://www.instagram.com/bienaldosertao6/

bottom of page